Edições Anteriores

O curso de Engenharia Ambiental da UFRJ foi criado em 2004 com o objetivo de formar profissionais com ampla e sólida formação sobre as questões ambientais, de maneira a atender às demandas existentes nos diversos segmentos produtivos da sociedade. Segundo definição da própria UFRJ, “o Engenheiro Ambiental é um profissional capaz de projetar, avaliar e gerir sistemas ambientais em empreendimentos de engenharia e sistemas urbanos e industriais, desenvolvendo e gerenciando tecnologias de produção economicamente viáveis, socialmente justas e ecologicamente sustentáveis”. Seguindo essa lógica, a discussão acadêmica conduzida no curso fomentou na comunidade discente da UFRJ a necessidade de organizar um encontro que ampliasse o diálogo entre os diferentes atores e áreas de conhecimento relacionadas com a engenharia ambiental. Assim surgiu o UFRJ Ambientável.

O UFRJ Ambientável teve a sua primeira edição realizada em 2005. Mesmo incipiente e sem uma temática claramente definida, o evento logrou êxito e estimulou a realização das edições posteriores.

O tema abordado em 2006 foi “Questões Ambientais Brasileiras e seus Desafios para o Futuro”, contando com uma maior participação da sociedade externa à universidade.

Em 2007, “Vulnerabilidades e Esforços Diante das Alterações Climáticas” contribuiu para discussões a respeito das Mudanças Climáticas e do Aquecimento Global, propondo também soluções e alternativas para suas possíveis consequências.

A própria Cidade Universitária foi foco do evento no ano de 2008 sob a temática “Cidade Universitária: Questões Locais para Soluções Globais”.

Já em 2009, discutiu-se a interação entre a indústria e o meio ambiente (“Indústria Verde: Práticas Atuais e Desafios Rumo à Sustentabilidade”), abordando iniciativas que aliam responsabilidade socioambiental em seu processo produtivo, a gestão dos meios de produção e conceitos adotados visando à minimização de impactos. Neste último encontro evidenciou-se que a abrangência do público alvo compreendia alunos de graduação, pós-graduação, professores, profissionais de ONGs, instituições públicas e privadas.

Em 2010, o tema abordado foi “Energia: Fontes Atuais e Novas Perspectivas”, onde foi avaliada a atual matriz energética brasileira e os rumos que esta poderia tomar, abordando as principais fontes e formas de energia.

Em 2011, houve uma união dos cursos de Engenharia Ambiental e Engenharia Civil, formando a Semana de Engenharia Civil e Ambiental, cujo tema foi “Grandes Obras, Grandes Impactos, Grande Soluções” que visava discutir os problemas da infraestrutura e o que nós, engenheiros, podemos fazer para saná-los.

Já em 2012, com a ocorrência da Rio+20 no Rio de Janeiro, a conferência foi o foco das discussões com o tema “Rio, e daqui a +20? Projetando novos rumos para o desenvolvimento” e, mesmo com o campus relativamente mais vazio por conta da greve de professores e funcionários, o evento teve participação de diversos alunos da UFRJ e também de outras instituições.

Em 2013, o UFRJ Ambientável teve como tema “Cidades em Foco: Os desafios do ambiente urbano”, tratando as questões do gerenciamento das grandes cidades e suas problemáticas atuais, pensando nos recursos necessários para sua manutenção e a possibilidade de novos modelos que promovam maior qualidade de vida.

No ano de 2015, a abordagem caiu sobre “Costa brasileira: Potenciais e desafios”. Foi mostrado e debatido o panorama da concentração econômica no litoral brasileiro.

Em 2016 o tema levantado foi “Resíduos ou Recursos? Uma questão de ponto de vista”, pensando em achar soluções de tratamento, reuso, armazenamento ou descarte seguro dos resíduos produzidos pela sociedade. Foi nesse ano também que foi realizada a primeira edição da Feira Ambientável, onde tivemos oficinas e workshops e foram vendidos em stands produtos feitos a partir de resíduos. A Feira Ambientável é um ambiente de convivência para os participantes do evento com mesas, bancos para confraternização e integração com a comunidade acadêmica da UFRJ.